Fins-de-semana gastronómicos

 

A unicidade e genuinidade da gastronomia fozcoense revelam o elevado valor patrimonial e à qualidade de excelência dos seus produtos endógenos. Foz Côa, sendo orgulhosamente um concelho com Dois Patrimónios da Humanidade - Gravuras Rupestres e Alto Douro Vinhateiro  -, convida-o a participar nos:
FINS-DE-SEMANA GASTRONÓMICOS DA PORTO E NORTE DE PORTUGAL 
FINS-DE-SEMANA GASTRONÓMICOS AO REBUSCO DA AMÊNDOA INTEGRADO NA FESTA DA AMENDOEIRA EM FLOR E DOS PATRIMÓNIOS MUNDIAIS!!
 
A Gastronomia fozcoense é bastante apaladada e rica em pratos variados. Vegetais frescos e frutos saborosos conferem às ementas o sabor natural dos produtos, assim como o seu potencial vitamínico da casca.
 
Comecemos pelo vinho que é o requinte da mesa. Vinho branco ou tinto, encorpado ou forte, como todos os maduros genuínos do Douro, não esquecendo o afamado Vinho Fino. De acordo com a revista WineSpectator, dos quatro dos melhores vinhos do mundo, três são produzidos em Foz Côa, revelando, deste modo, que este concelho pode ser apelidado de Capital do Vinho do Douro Superior.
 
Outro produto endógeno de excelência é o azeite, considerado um dos melhores do mundo e que pode acompanhar cozidos suculentos salteados com couves tenras, repolhos e grelos. O peixe do Rio Douro e seus afluentes, a carne de porco, de cabrito ou de anho e a caça como o coelho, a lebre e a perdiz são pratos muito apreciados.
 
A fruta é variada no fim do Verão, dando como exemplos os pêssegos carnudos, os figos de mel, os melões deliciosos, as laranjas e as uvas. Todavia, são os frutos secos, em especial a amêndoa (não esquecer que Foz Côa é a Capital da Amêndoa), que fornecem a matéria-prima para as especialidades culinárias mais requintadas: os doces de amêndoa, as súplicas, as lampreias de ovos e ainda os “coscorões”, os folares e as bolas toscas, livradas e picadas.
 
Confira as ementas ao sabor da XXXVI Festa da Amendoeira em Flor e dos Patrimónios Mundiais (24 Fevereiro a 12 Março de 2017)