Casa dos Almeidas

 

A equipa projectista “José David Silva, Arquitectura, Design e Visual Design, Lda - ADVD”, após ter ganho o primeiro prémio do Concurso de Conceção que o município lançou no final do ano passado, procedeu à entrega do projecto de Execução para a Reconstrução /Reconversão da Casa dos Almeidas, no passado mês de Maio.
 
O município elaborou uma candidatura ao Programa Operacional Regional do Norte, Portugal 2020, Aviso nº Norte-16-2016-16, Reabilitação Urbana, onde foram apresentados o Plano de Ação de Regeneração Urbana (PARU); este Plano de Ação incluía a ARU (Área de Reabilitação Urbana) de Foz Côa e a ARU do Pocinho, onde foi identificado a execução deste investimento - Reconstrução/Reconversão da Casa dos Almeidas.
 
Trata-se de um investimento ao qual foi logo de início atribuído a designação de “Foz Côa Story House”, uma vez que se pretendia que passasse a ser um imóvel que albergasse diversas actividades que no seu conjunto congregassem a/s história/s de Vila Nova de Foz Côa.
 
O objectivo final definido é a valorização do território de Vila Nova de Foz Côa, seus produtos, suas gentes, seus trabalhos, por forma a contribuir para o aumento de visibilidade e atractividade. Apostando em factores diferenciadores e ao mesmo tempo em factores de excelência (o vasto património arqueológico da região, a produção de vinhos, amêndoa e azeite, a exploração do xisto) pretende-se que o empreendimento seja um testemunho vivo destes saberes ancestrais transversais à totalidade da população.
 
A sustentabilidade do empreendimento basear-se-á em funções como Hotel Rural de 4* e Espaço Cultural, “onde se contam “as histórias” com recurso a elementos gráficos, imagens, fotografias da época, registos escritos, indumentária, objectos do dia-a-dia, do trabalho, as suas ferramentas, os produtos locais, as suas histórias, os seus conhecimentos…”
 
Os espaços definidos para dar suporte as actividades propostas são: o hotel rural, conta com um foyer, primeiro espaço onde o visitante tem acesso, e que se relaciona de forma direta com os espaços expositivos e de eventos; existirão outros espaços destinados à exposição e venda de produtos regionais, a sala de provas e degustação de vinhos, a restaurante com capacidade para 48 pessoas e esplanada exterior. O hotel rural terá uma capacidade de 20 camas distribuídas por 10 unidades de alojamento, contando com todas as instalações técnicas necessárias a um empreendimento que se pretende que seja de conforto e excelência.
 
Trata-se de um empreendimento com uma área de implantação de 719 m² e área de construção de 1799 m²; possui um orçamento de 2 033 000,00 €, sendo financiado pelo FEDER o valor de 972 000,00 €.
 
 
 
 
 
 
 
 

Subscrição de notícias por SMS / Email

captcha