Município de Vila Nova de Foz Côa Assina Acordo Intermunicipal de Cooperação na Área da Cultura

 

Na tarde de 18 de janeiro, (sexta feira) foi assinado na cidade da Guarda um acordo intermunicipal entre 17 municípios (Aguiar da Beira, Almeida, Belmonte, Celorico da Beira, Covilhã, Figueira de Castelo Rodrigo, Fornos de Algodres, Fundão, Gouveia, Guarda, Manteigas, Meda, Pinhel, Sabugal, Seia, Trancoso e Vila Nova de Foz Côa) com o objetivo de se reforçar a candidatura da GUARDA a Capital Europeia da Cultura - 2027.
 
De acordo com o sentimento comum a todos os autarcas representantes dos respetivos municípios presentes, esta iniciativa liderada pelo município da Guarda traduz a força, a unidade e a riqueza da diversidade cultural que a região possui. Na apresentação das linhas gerais deste projeto, o Sr. presidente do Município da Guarda, Dr. Álvaro Amaro, agradeceu a todos pela disponibilidade, e pela vontade na adesão, delineando também as novas etapas do processo de candidatura. Considerou-se um imperativo elaborar um plano de ação de desenvolvimento conjunto, com estratégias culturais locais próprias em prol de uma visão de cooperação com vista à obtenção da nomeação da Guarda como capital europeia da cultura – 2027. O Vice-Presidente da Camara Municipal de Foz Côa, João Paulo Sousa, considerou que o honroso convite feito ao município comporta em si para além da responsabilidade e da exigência desta candidatura, a consciência da valoração dos recursos culturais (dois patrimónios da Humanidade) que o concelho possui na criação e articulação estratégica da sustentabilidade da candidatura.
 
Logo após terminar a sessão da assinatura do Protocolo de cooperação intermunicipal, decorreu uma outra sessão, a de encerramento da “Finissage do 3º Salão de Outono”. Presidida pelo Sr. vereador da Cultura da Guarda, Dr. Vítor Amaral, esta sessão serviu para apresentar os catálogos «As infâncias Perduráveis» de Paula Rego; SIAC#3 e 3º Salão de Outono e iniciar através do seu curador, Dr. João Mendes Rosa (Diretor do Museu da Guarda) uma conversa-aberta partindo da temática "Santa Rita Pintor (1988-2018): 100 anos da Sua Morte" com a participação de Guilherme Santa Rita, João MacDonald, Pedro Teixeira da Mota, Fernando Rosa Dias e Luís Lyster Franco.