Vila Nova de Foz Côa dedica certame aos Vinhos do Douro Superior

 

A Câmara de Foz Côa realiza de 24 a 26 de maio o Festival de Vinho do Douro Superior, um evento em que se anunciam as presenças de adegas e produtores individuais daquela sub-região vinícola.

 
 
Na edição experimental que se realizou no passado mês de outubro, passaram pelo certame mais de seis mil visitantes e os mais importantes produtores nacionais de vinho. «O que está na génese do festival é a produção e a qualidade dos vinhos produzidos na região. Queremos projetá-los a nível nacional, já que o concelho de Foz Côa é detentor de marcas importantes que podem dinamizar a economia do concelho», disse este domingo o presidente da câmara local, Gustavo Duarte. Este ano, a organização do festival espera receber comitivas compradoras oriundas da Europa e dos Estados Unidos da América que se deslocaram a Portugal «de propósito» para conhecer os vinhos produzidos naquela sub-região que integra a Região Demarcada do Douro. De acordo com a organização, a iniciativa vai manter a base da edição experimental. Apenas vão ser introduzidas «algumas alterações de pormenor» e número de expositores vai  «aumentar», esperando-se entre os 60 a 65 produtores individuais, adegas e quintas. O festival abrange um vasto conjunto de atividades que terão como denominador comum a promoção e divulgação dos vinhos brancos, tintos e generosos produzidos naquela região duriense. «Foz Côa é dos pouco concelhos que está totalmente integrado na Região Demarcada do Douro. Por esse motivo, era fundamental a realização de um festival dedicado ao vinho», acrescentou o autarca. A organização avançou que o grosso das atividades que integram o Festival de Vinho do Douro Superior decorrerá no Centro de Exposições de Vila Nova de Foz Côa, para onde estão programadas iniciativas como provas de vinhos conetadas, ou provas cegas e um concurso de vinhos. Especificamente direcionadas para o consumidor, serão realizadas provas comentadas dos vinhos da região, conduzidas por «críticos especializados», para além de um mostra do saberes e sabores do concelho.