Mêda, São João da Pesqueira, Vila Nova de Foz e Côa e Tabuaço assumem resposta conjunta à situação de seca vivida na região

misc749

Plano de Ação para a Gestão Eficiente do Abastecimento de Água a partir do Subsistema de Ranhados, apresentado hoje em Mêda pela EPAL/Águas do Vale do Tejo e Águas do Norte

Mêda, 18 de fevereiro de 2022 – Em resposta à situação de seca vivida na região, foi hoje apresentado, na Casa da Cultura de Mêda, o “Plano de Ação para a Gestão Eficiente do Abastecimento de Água a partir do Subsistema de Ranhados”, pelas equipas da EPAL - Empresa Portuguesa das Águas Livres/ Águas do Vale do Tejo, S.A. (AdVT) e Águas do Norte, S.A. (AdNorte) aos representantes dos municípios de Mêda, São João da Pesqueira, Vila Nova de Foz Côa e Tabuaço.

Estiveram presentes na reunião o Presidente do Município de Mêda, João Mourato, o Presidente do Município de São João da Pesqueira, Manuel Cordeiro, o Presidente do Município de Vila Nova de Foz Côa, João Paulo Sousa e o Vice-Presidente do Município de Tabuaço, José Carlos Silva, além de vários administradores, dirigentes e técnicos da EPAL, Águas do Vale do Tejo e Águas do Norte, assim como dirigentes e técnicos dos municípios e das entidades gestoras, tendo em vista concertar estratégias comuns para diminuir de forma eficaz os consumos de água atuais e mitigar os efeitos da seca.

Este plano visa dar resposta urgente à situação de seca que se vive nos quatro municípios, servidos pela Albufeira de Ranhados e que neste momento apresenta volumes abaixo da média para este altura do ano.
Desta reunião saiu a decisão conjunta de se avançar com várias medidas de mitigação, sendo a primeira uma campanha de sensibilização para a poupança e uso eficiente da água a ser lançada na próxima semana nos quatro municípios em simultâneo.

A difusão da mensagem será feita através dos meios e das redes de comunicação próprias (outdoors, mupis, folhetos na fatura da água, cartazes nas instituições e serviços, redes sociais, internet e campanhas nos órgãos de comunicação social local e regional), quer dos municípios quer da EPAL/AdVT e da AdNorte. Para tal, foram desenvolvidos vários suportes de comunicação, como folhetos informativos, cartazes e flyers que deverão acompanhar as contas da água. Está também previsto um spot de rádio e anúncios de imprensa nos meios locais/regionais.

Além disso, a equipa da EPAL/AdVT e da AdNorte irá, em parceria, ajudar os municípios, ao dar início ao processo de redução de perdas nas redes de abastecimento de água municipais, através da identificação, no terreno, de roturas existentes e da sua imediata reparação, dotando, em simultâneo, os municípios de capacidade , presente e futura, de monitorização das suas redes em tempo real.

Os quatro munícipios tomaram, em conjunto, as seguintes decisões:
Interromper, no imediato, as regas de jardins públicos com água potável, substituindo sempre que possível com água reciclada ou outras alternativas;
Interromper, no imediato, a disponibilização de água nos chafarizes públicos;
Interromper, no imediato, consumos de água associados a fontes e fontanários públicos;
Promover ações de sensibilização ambiental aos técnicos e à comunidade escolar.

Todos juntos e com pequenos gestos, podemos poupar milhares de litros de água.


Contactos

Município de V. N. de Foz Côa
Praça do Município
5150-642 Vila Nova de Foz Côa

correio@cm-fozcoa.pt

279 760 400

41°05'00.2"N 7°08'09.6"W

© 2022 Município de vila Nova de Foz Côa - Todos os direitos reservados.

Menu